Mercury Instruments - Header
Top of page
Bottom of page

Mercury Stack Gas Monitor

SM-3

 

Equipamento para monitorização contínua
das emissões (CEM) de mercúrio

Mercury Instruments
  • Aprovado por TÜV
    (publicado no GMBl Nº. 33/1999)
  • Deteta mercúrio elementar, iónico e endurecido
  • Medição contínua real
    (sem ciclo de medição)
  • Sem químicos líquidos
    - sem utilização de reagentes
  • Catalisador sólido
    sem manutenção
  • Intervalo 1 ... 45; 0 ... 75; 0 ... 500 µg/m³ Hg
    (outros opcionais)
  • Construção robusta com proteção
    contra corrosão
  • Dimensões compactas, com funcionamento
    móvel possível

Campos de aplicação

O Equipamento para Monitorização Contínua das Emissões de Mercúrio SM-3 é utilizado para a monitorização contínua de mercúrio em gás de exaustão. São detetadas as formas endurecidas de mercúrio, como HgCl2, HgO, HgS e as partículas de mercúrio, bem como o mercúrio elementar

  • Incineradores de resíduos municipais
  • Incineradores de lamas de esgotos
  • Incineradores de resíduos perigosos
  • Produção de cimento
  • Centrais elétricas alimentadas a carvão
  • Instalações de recuperação sanitária térmica do solo
  • Combustores de madeira utilizando madeira reciclada
  • Fornalhas de reciclagem de metal
na exaustão de um
incinerador de
resíduos municipais
(Bavaria, Alemanha)
Incinerador de lamas de esgoto
(Estugarda, Alemanha)
Instalação do SM-3 no interior
de uma cabina de proteção
(forno de cimento, Alemanha)
Fábrica de cimento
com instalação do SM-3
no topo do dispositivo de recolha

Princípio de funcionamento

Uma amostra do caudal de gás é retirada da conduta através de um sistema de amostragem aquecida. O gás é libertado através de um filtro de partículas de alta temperatura e, de seguida, entra na unidade de redução. Nesta parte do analisador, é realizada uma redução termocatalítica do mercúrio iónico e endurecido. É formado vapor de mercúrio elementar como resultado deste processo de transformação. O gás é secado num refrigerador termoelétrico sem manutenção e encaminhado para o detetor de mercúrio, onde a concentração é medida com o vulgarmente designado método de "Espetroscopia de absorção atómica (CVAAS)". A alta temperatura do filtro de entrada do gás garante que o mercúrio é termicamente totalmente desprovido de partículas e desta forma também detetado.

Mercury Instruments

Diagrama de fluxo esquemático do Equipamento para Monitorização Contínua das Emissões de Mercúrio SM-3

Caraterísticas de conceção

Todas as superfícies que entram em contacto com o gás de amostra são aquecidas a temperaturas >180 ºC para evitar qualquer perda da capacidade de absorção do mercúrio. A linha de amostra é de perfluoralkoxy (PFA), um material que demonstra uma interação extremamente fraca com o vapor de mercúrio. A amostragem e a redução são realizadas a temperaturas muito superiores ao ponto de condensação. Por este motivo, não é formada condensação antes de todo o mercúrio se encontrar no estado elementar. Isto minimiza o ruído de sinal e evita picos não específicos.

O SM-3 evita utilizar qualquer coletor de ouro para a pré-concentração de mercúrio, proporcionando assim uma resposta muito rápida e proporcionando resultados contínuos e em tempo real. Possíveis problemas relacionados com a contaminação da superfície de ouro são, desta forma, eliminados.

As análises simples que evitam o tratamento da amostra com químicos líquidos e evitam uma armadilha de ouro garantem uma alta fiabilidade e reduzida manutenção.

Fácil de utilizar

O SM-3 é operado através de um teclado de membrana à prova de água. Todas as entradas necessárias são selecionadas num menu completamente compreensível exibido no visor gráfico. Também é possível iniciar funções como o ajuste zero e a verificação da calibração a partir de um computador externo.

Fotómetro UV

A determinação da quantidade da concentração de mercúrio é realizada num fotómetro UV com uma lâmpada de mercúrio de baixa pressão sem elétrodo. Esta lâmpada é controlada pela utilização do método de feixe de referência, que garante um ponto base altamente estável.

Ajuste zero automático

A linha zero do SM-3 é verificada e ajustada automaticamente após um período de tempo predefinido. Uma válvula magnética pára o caudal do gás de amostra e muda para o ar zero que foi limpo num filtro de carvão. O ajuste zero automático é realizado de hora a hora e demora 30 segundos.

Filtro de auto-limpeza automática

Para evitar que o instrumento fique obstruído devido a partículas de pó, o SM-3 dispõe de um sistema de filtro de auto-limpeza, operado por ar comprimido. A função de limpeza é automaticamente ativada de hora a hora e demora apenas alguns segundos.

Sistema de amostragem

O gás de amostra é extraído com uma sonda de aço inoxidável e é encaminhado para o analisador através de um tubo aquecido. Toda a linha da amostra é de perfluoralkoxy (PFA), um material que garante um efeito de memória mínimo. As dimensões da flange de instalação do sistema de amostragem são personalizadas (por exemplo, DN 80/PN 6 ou ANSI 3"/ 150 lbs).

Manutenção reduzida e baixos custos de propriedade

Graças ao novo método de tratamento termocatalítico das amostras não são necessários reagentes. Comparativamente aos instrumentos de primeira geração que utilizam métodos de preparação de amostras com químicos líquidos, o SM-3 apresenta uma fiabilidade claramente superior e requer apenas uma manutenção mínima. Estas caraterísticas resultam em custos de propriedade particularmente baixos e numa máxima disponibilidade.

A importância da monitorização contínua da emissão de mercúrio

A monitorização das emissões de mercúrio da exaustão tornou-se uma questão global. Regulamentação mais restrita pelas autoridades, além da reclamação pública por uma vigilância completa dos incineradores, provocou um aumento de interesse nos equipamentos para monitorização contínua das emissões (CEMs) de mercúrio. Para o potencial utilizador destes sistemas, é importante encontrar uma solução fiável e económica. A primeira geração de CEMs para mercúrio foi baseada na automação de métodos laboratoriais conhecidos. Isto resultou em elevados custos de manutenção, funcionamento falível, conceção pesada e sobredimensionada e, não menos importante, num preço elevado.

Mercury Stack Gas Monitor SM-3: Especificações Técnicas

Componente medido: HgT (mercúrio total)
Princípio de medição: Redução termocatalítica, absorção atómica a 253,7 nm
Intervalo de medição: 0 - 50 µg/m3
0 - 75 µg/m3
0 - 500 µg/m3
Limite de deteção: < 1 µg/m3
Tempo de resposta T90: < 60 segundos
Tempo de ciclo de medição: nenhum, medição contínua sem espaços de tempo
Consumo de ar: ar comprimido sem óleo, aprox. 1.5 bar (aprox. 22 psi)
Temperatura de funcionamento: 5 a 40° C
Fonte de alimentação elétrica: 230 V CA / 50 Hz (+10% / -15%)
Consumo de energia: máx. 1000 VA (analisador)
máx. 150 VA/m (linha de amostra)
Saídas de sinal: 4-20 mA (carga máxima 500 Ohm)
saídas para estado digital (contactos de relés)
Dimensões: 550 x 1000 x 700 mm (LxAxP)
Peso: aprox. 50 kg
Certificação: Teste realizado pelo German TÜV (Munique),
relatório N.º 24020562/Agosto 1999), publicado no GMBl 1999/N.º 33.
Mercury Instruments Como fornecedor líder de equipamento de análise de alta precisão, esforçamo-nos por disponibilizar sempre soluções de qualidade superior. Os nossos produtos são fabricados de acordo com as normas de qualidade ISO 9001.

VM-3000

Transferir a brochura: